Fashion, Lifestyle

NUNO: Poéticas têxteis contemporâneas

Japan House NUNO 2

NUNO – Poéticas têxteis contemporâneas (Trabalho de Vasilha de Cesta de Flores, 1997. 100% algodão, renda química e bordado.)

Ficamos tão felizes com a notícia dessa nova exposição em São Paulo que fomos conferir assim que conseguimos!! “NUNO – Poéticas têxteis contemporâneas” em cartaz na Japan House, traz para o Brasil, tecidos criados pela designer Reiko Sudo, da marca NUNO que além de desenvolver tecidos, também é responsável pela criação de novas técnicas, linhas estéticas e exploração de diferentes materiais. Com o intuito de apresentar para os brasileiros a diversidade e riqueza dos tecidos e técnicas japonesas, a exposição é perfeita para amantes de moda e para quem gosta de aprender sobre novas culturas.

A exposição conta com 35 diferentes tecidos feitos desde matérias primas inusitadas  até matérias primas mais convencionais, como algodão e seda, por exemplo. Os tecidos apresentados variam entre feitos em produções artesanais, semi-industriais e industriais e estão expostos em uma estrutura criada pelo arquiteto Pedro Mendes da Rocha, que traduziu de forma muito autêntica, uma grande árvore no salão, onde as folhagens são representadas pelos painéis de tecido.

Japan House NUNO 4

NUNO – Poéticas têxteis contemporâneas (Agitfab, 1992. 100% poliéster e recortes de jornal. Serigrafia.)

O tecido exposto na foto acima por exemplo, foi feito a partir de um processo de plastificação adaptado ao tecido. Esses pedaços de jornal estão “dentro” do tecido, e é possível senti-lo pessoalmente em uma parte da exposição com algumas amostras disponíveis para o toque. Os pedaços foram coletados de jornais de 20 diferentes países e em suas embaixadas no Japão, e refletem a história de um ano importante na história mundial.

Estão expostos tecidos produzidos a partir de diferentes técnicas e experimentações. Há por exemplo, um tecido que, assim como esse com jornais, possui penas em sua trama ou ainda um tecido feito a base de linha de pesca.

Além da exposição e da disposição de amostras manuseáveis, há ainda uma parede expositiva com algumas fibras, projetos e estudos sobre a produção dessas peças. É muito visível a valorização do trabalho artesanal e das tradicionais técnicas japonesas, juntamente ao uso inteligente da tecnologia disponível.

Japan House NUNO 12

NUNO – Poéticas têxteis contemporâneas

Com itens presentes em grandes e importantes museus internacionais, NUNO, junto à designer Reiko Sudo é considerado um dos melhores laboratórios de pesquisa têxtil atualmente. Possui uma proposta de experimentação contínua e busca sempre unir diferentes materiais, técnicas e processos para obter tecidos únicos.

A exposição é incrível mesmo, vale muito a pena conhecer e aprender um pouco mais sobre esse universo. A entrada é gratuita e os tecidos estarão lá até o dia 27 de outubro deste ano!


Japan House

Avenida Paulista, 52

Terça a sábado das 10h ás 20h / Domingos das 10h ás 18h

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *